Helicobacter pylori: um risco para o estômago.

A bactéria Helicobacter pylori pode ser responsável por várias patologias: estômago inchado, aerofagia, náuseas, dor abdominal, azia, refluxo gastroesofágico, hiperacidez e inflamação crónica do estômago (gastrite) são algumas delas.

Prevenção de consequências graves
Em muitos casos, há sintomas claramente notáveis quando alguém está infetado com Helicobacter pylori. Mas é também possível que a bactéria se espalhe na mucosa gástrica mucosa durante algum tempo e cause lesões nas mucosas sem que o paciente se aperceba. Os primeiros sintomas ocorrem quando a Helicobacter pylori já causou lesões graves.

A deteção atempada da Helicobacter pylori é crucial

É importante identificar a bactéria o mais cedo possível, pois se não for tratada durante muito tempo, a infeção pode originar doenças mais graves e inclusive, úlceras do estômago. Em caso de azia, regurgitação ácida ou dor aguda no estômago, é recomendável realizar check-ups regulares – por exemplo na forma de um teste de autodiagnóstico. Uma terapia prontamente iniciada com antibióticos é muito eficaz e pode evitar o alastrar de outras patologias

Prevention of serious consequences

In many cases, there are clearly noticeable symptoms when somebody is infected with Helicobacter pylori. But it is also possible that the germ spreads in
the gastric mucosa over time and causes mucosal defects without the
person concerned being aware of it. The first symptoms then occur
when Helicobacter pylori has already caused severe damage.

;